22 tipos de relatórios

22 tipos de relatórios

No intrincado mundo dos negócios, os relatórios desempenham um papel fundamental na transmissão de informações, insights e implicações. Estes documentos, que variam em forma e função, são a base para uma tomada de decisão informada. Este artigo irá aprofundar a natureza multifacetada dos relatórios empresariais, explorando sua categorização com base em diferentes critérios como formalidade, extensão, função, forma, assunto e pessoas envolvidas.

Tipos de relatórios com base na formalidade

A formalidade na elaboração de relatórios refere-se ao nível de profissionalismo e adesão às estruturas e convenções estabelecidas. Dita o tom, a estrutura e o propósito do relatório, distinguindo entre comunicação formal e informal dentro e fora de uma organização.

Training on Human Relations

Os relatórios formais são documentos abrangentes que aderem às convenções e estruturas estabelecidas. Eles são normalmente usados ​​para transmitir informações detalhadas e são caracterizados por uma abordagem meticulosa aos detalhes, muitas vezes incluindo um resumo executivo, introdução, metodologia, resultados, conclusões e recomendações. Os relatórios formais são fundamentais em cenários que exigem uma análise minuciosa e são frequentemente utilizados para auditorias, estudos de investigação e avaliações.

Um relatório formal é aquele preparado de acordo com um procedimento estabelecido por uma autoridade prescrita. Ele contém todas as partes essenciais de um relatório longo ou analítico. Às vezes pode ter um número limitado de peças dependendo da situação.

Quando apresentado como uma exigência legal, é denominado relatório estatutário. Os relatórios formais não exigidos por lei, mas preparados para ajudar a gestão na formulação de políticas ou na tomada de outras decisões importantes, são chamados de relatórios não estatutários.

Relatório Informal

Em contraste, os relatórios informais são mais concisos e flexíveis na sua estrutura. Eles são usados ​​para comunicação e atualizações de rotina dentro de uma organização. Memorandos, e-mails e pequenas atualizações exemplificam relatórios informais, que se caracterizam pela sua brevidade e simplicidade, tornando-os adequados para comunicações internas e rápida disseminação de informações.

Tipos de relatórios com base no comprimento

A extensão de um relatório é um determinante crucial de sua estrutura, detalhes e propósito. Distingue entre documentos concisos destinados à rápida disseminação de informações e relatórios abrangentes concebidos para análise e exploração aprofundadas.

Relatório curto

Relatórios curtos são documentos sucintos projetados para transmitir informações de forma eficiente. Eles são frequentemente usados ​​para atualizações de rotina, análises breves e resumos de progresso. A natureza concisa dos relatórios curtos torna-os de fácil digestão, atendendo ao ambiente acelerado do mundo dos negócios.

Um breve relatório consiste em apenas algumas páginas e o texto do relatório. Inclui uma introdução, corpo (discussão ou texto) e uma seção final (resumo, conclusões, recomendações).

O breve relatório pode ser organizado em ordem direta ou indireta, embora a ordem direta seja de longe o plano mais comum. A mecânica de construção de um relatório curto é a mesma de um relatório longo. O relatório usa o mesmo formato de página de título e os mesmos requisitos de layout.

Relatório longo

Relatórios longos, por outro lado, proporcionam uma exploração extensa de um assunto. Eles são abrangentes e detalhados, muitas vezes incorporando diversas seções, como revisão da literatura, metodologia, análise e recomendações. Relatórios longos são normalmente empregados para pesquisas aprofundadas, avaliações de projetos e análises detalhadas.

Tipos de relatórios com base na função

Função refere-se ao objetivo principal e à utilidade do relatório. Ele categoriza os relatórios com base no objetivo de informar, interpretar, analisar ou recomendar, servindo assim como um guia para as expectativas do leitor e a abordagem do autor.

Relatório informativo

Os relatórios informativos visam apresentar fatos e dados sem se aprofundar em análises ou interpretações. Eles servem como repositório de informações, proporcionando ao leitor uma visão clara e objetiva do assunto. Os exemplos incluem relatórios estatísticos, listas de inventário e atualizações de progresso.

Um relatório informal é preparado informalmente para informar a administração sobre quaisquer questões organizacionais que possam surgir durante as operações diárias.

Geralmente, assume a forma de comunicação face a face. Um relatório informal é apresentado na forma de carta ou memorando. Pode variar desde uma declaração de fatos curta e quase fragmentada em uma única página, até uma apresentação mais desenvolvida de fatos abrangendo várias páginas.

Um relatório informativo é um relatório conciso com o objetivo central de fornecer informações e resumi-las.

Assim, é chamado de relatório informativo. O conteúdo deste relatório varia muito, dependendo do tipo de negócio, objetivo, tópicos discutidos e necessidades dos leitores. Geralmente é preparado em forma de carta ou memorando. Para preparar um relatório informativo eficaz, considere as seguintes diretrizes:

  • Esteja ciente do propósito: ofereça recomendações apenas quando forem desejadas.
  • Saiba como concluir: Resuma e conclua conforme necessário.
  • Use uma linguagem neutra e imparcial: não faça julgamentos em sua linguagem, empregando palavras e frases persuasivas quando necessário.

Relatório Interpretativo

Os relatórios interpretativos vão mais longe, analisando a informação apresentada e tirando conclusões. Eles são projetados para fornecer insights, interpretações e recomendações, auxiliando nos processos de tomada de decisão. Exemplos de relatórios interpretativos são estudos de viabilidade, relatórios de avaliação e documentos de análise.

Os relatórios interpretativos são relatórios curtos, também chamados de relatórios analíticos ou investigativos. Contêm informações e análises das causas de desvios, defeitos, problemas ou situações indesejadas. Podem assumir a forma de um memorando ou de uma carta.

Tipos de relatórios com base no formulário

A forma de um relatório refere-se ao seu formato, estrutura e modo de apresentação. Determina como as informações são organizadas, apresentadas e comunicadas, influenciando assim a acessibilidade, a legibilidade e o impacto do relatório.

Relatório de carta

são formatadas como cartas formais e normalmente usadas para comunicação externa. Eles são concisos, focados e frequentemente empregados para transmitir descobertas, recomendações ou atualizações a clientes, partes interessadas ou outras organizações.

Relatório de Memorando

Relatórios de memorando, ou relatórios de memorando, são documentos informais usados para comunicação interna dentro de uma organização. Eles são breves e diretos e costumam ser usados para transmitir atualizações, instruções ou anúncios aos funcionários.

Relatório de formulário

Os relatórios de formulário seguem um modelo padronizado, garantindo consistência e uniformidade. Eles são frequentemente usados para documentação de rotina, como relatórios de incidentes, relatórios de inspeção e relatórios de progresso.

Relatório de campo

Os relatórios de campo documentam observações, descobertas e insights coletados no trabalho de campo. Eles são essenciais em estudos de pesquisa, levantamentos e investigações, fornecendo um relato detalhado de experiências e observações do mundo real.

Relatório de apuração de fatos

Os relatórios de apuração de fatos são documentos investigativos que revelam a verdade sobre uma questão ou assunto específico. Eles são completos e objetivos e são frequentemente usados ​​em auditorias, investigações e pesquisas.

Relatório de laboratório

Os relatórios de laboratório documentam experimentos, testes e análises conduzidos em laboratório. Eles são caracterizados por um formato estruturado que detalha o propósito, a metodologia, os resultados e as conclusões do experimento.

Relatório da Biblioteca

Os relatórios da biblioteca fornecem uma visão geral das atividades, uso e recursos da biblioteca. As bibliotecas os utilizam para documentar aquisições, circulação e envolvimento dos usuários, auxiliando no gerenciamento e desenvolvimento da biblioteca.

Tipos de relatórios com base no assunto

A categorização baseada em assuntos gira em torno do tópico principal ou campo de estudo abordado pelo relatório. Ajuda a identificar o domínio de conhecimento, expertise e interesse a que pertence o relatório, orientando assim seu conteúdo, público e aplicação.

Relatório de Engenharia

Os relatórios de engenharia detalham as conclusões e recomendações de projetos e estudos de engenharia. Eles cobrem diversas disciplinas de engenharia, fornecendo insights sobre design, desenvolvimento, testes e avaliação.

Relatório Econômico

Os relatórios económicos analisam as condições, tendências e desenvolvimentos económicos. São essenciais para decisores políticos, economistas e empresas, fornecendo informações sobre a dinâmica do mercado, indicadores económicos e políticas fiscais.

Relatório de vendas

Os relatórios de vendas fornecem uma visão geral abrangente do desempenho de vendas, detalhando números de vendas, metas e tendências. Eles são fundamentais para equipes de vendas e gestão, auxiliando no desenvolvimento de estratégias e avaliação de desempenho.

Relatório de pesquisa

Os relatórios de pesquisa apresentam os resultados de pesquisas e questionários. Eles detalham a metodologia, dados demográficos dos participantes, respostas e conclusões, fornecendo insights sobre a opinião pública, tendências de mercado e

Relatório de Projeto

Os relatórios do projeto documentam o progresso, o desempenho e os resultados de um projeto. Eles são essenciais para o gerenciamento de projetos, fornecendo às partes interessadas insights sobre o desenvolvimento, os desafios e as conquistas do projeto.

Relatório de desempenho

Os relatórios de desempenho avaliam o desempenho de indivíduos, equipes ou organizações. Eles detalham conquistas, desafios e áreas de melhoria, auxiliando na gestão e desenvolvimento do desempenho.

Relatório técnico

Os relatórios técnicos fornecem informações detalhadas sobre assuntos técnicos, processos ou desenvolvimentos. Sua profundidade de detalhes os caracteriza e são frequentemente utilizados nas áreas científica, tecnológica e industrial.

Tipos de relatórios com base nas pessoas envolvidas

As pessoas envolvidas na criação de um relatório desempenham um papel significativo na determinação da sua perspectiva, profundidade e natureza colaborativa. Esta categorização distingue entre relatórios individuais e aqueles produzidos por comités ou grupos.

Relatório do Comitê

Os relatórios do comitê são documentos colaborativos produzidos por um grupo ou comitê. Eles detalham as conclusões, discussões e recomendações do comitê, proporcionando uma perspectiva coletiva.

Relatório Individual

Como o nome sugere, os relatórios individuais são de autoria de um único indivíduo. Eles fornecem uma perspectiva personalizada e são frequentemente usados ​​para autoavaliação, reflexão e pesquisa individual.

Conclusão

Nas suas inúmeras formas e funções, os relatórios empresariais são ferramentas indispensáveis no mundo corporativo. Eles facilitam a comunicação, informam a tomada de decisões e documentam o progresso e o desempenho. Compreender os diversos tipos de relatórios e suas respectivas finalidades é essencial para uma comunicação e operações empresariais eficazes.