Relação das Finanças com Economia, Contabilidade, Gestão e Marketing

Relação das Finanças com Economia, Contabilidade, Gestão e Marketing

As finanças são uma parte integrada da gestão global e não são uma área muito independente. Baseia-se fortemente em disciplinas e campos de estudo relacionados, como economia, contabilidade, gestão e marketing. Embora essas disciplinas estejam inter-relacionadas, existem diferenças críticas entre elas.

Relação entre Finanças e Economia

Finanças e economia envolvem a alocação e uso de recursos, a tomada de decisões, o estudo de mercados e sistemas econômicose o uso de modelos e análises.

Economia é o estudo de como os homens e a sociedade escolhem, com ou sem o uso do dinheiro, empregar recursos produtivos. que poderiam ter usos alternativos para produzir vários produtos e distribuí-los para consumo agora ou no futuro entre múltiplas pessoas e grupos da sociedade.

Embora as finanças se preocupem especificamente com a alocação e utilização de recursos financeiros, a economia está mais amplamente preocupada com a alocação e utilização de recursos.

Relação entre Finanças e Macroeconomia

A macroeconomia se preocupa com o ambiente financeiro geral em que a empresa opera.

A economia também se preocupa com a estrutura financeira, o sistema monetário e bancário, o mercado monetário e de capitais, os intermediários financeiros e as políticas monetárias e fiscais.

Os gestores financeiros reconhecem e compreendem como a política monetária afecta o custo e a disponibilidade de fundos.

Os gestores financeiros têm cuidado com as diversas instituições e são versados na política fiscal e nos seus efeitos na economia.

O gestor financeiro deve compreender a actividade económica e a política económica para a tomada de decisões.

Relação entre Finanças e Microeconomia

As finanças preocupam-se explicitamente com a alocação e utilização de recursos financeiros. A microeconomia preocupa-se com a alocação e utilização de recursos no indivíduo e na empresa.

Relações de oferta e demanda e estratégias de maximização de lucro. Uma combinação de fatores produtivos está relacionada a vendas ideais nível e preço do produto. A medição da preferência e do risco da utilidade determina o valor. A depreciação racional permitirá a realização dos ativos.

As decisões financeiras são tomadas com base na comparação da receita marginal e do custo marginal, o que aumenta o lucro da empresa.

Assim, o campo das finanças está intimamente relacionado com a economia. Além disso, as finanças são o tema aplicado da economia.

Relação entre Finanças e Contabilidade

A contabilidade é um sistema de informação que identifica registros e comunica os eventos econômicos de uma organização aos usuários interessados.

Finanças e contabilidade são áreas intimamente relacionadas que envolvem a gestão de recursos financeiros, a uso de demonstrações financeiras, tomada de decisões, planejamento financeiro, análise de dados financeiros, gestão de contas a pagar e contas a receber, gestão de fluxo de caixa, conformidade com leis e regulamentos, gestão de riscos e comunicação.

Existem três atividades em contabilidade, tais como;

  1. Identificar eventos econômicos,
  2. registrar e fornecer atividades financeiras, e
  3. Comunique-se com usuários interessados.

Finanças utiliza os dados coletados pela contabilidade.

O objetivo da contabilidade é coleta e apresentação de dados financeiros.

O gestor financeiro utiliza informações contábeis para a tomada de decisões financeiras. As atividades financeiras (tesoureiro) e contábeis (controlador) da empresa estão intimamente relacionadas.

Contabilidade e finanças estão relacionadas à ênfase nos fluxos de caixa e a outra à tomada de decisões.

A contabilidade é um insumo essencial nas decisões financeiras.

A função contábil é um insumo necessário para a função financeira. A contabilidade gera informações relacionadas às operações das empresas. O gestor financeiro faz demonstrações de fundos a partir de receitas e declarações financeiras.

As demonstrações financeiras auxiliam os gerentes financeiros na avaliação do desempenho passado e no planejamento futuro.

A contabilidade ajuda os gestores financeiros.

As atividades financeiras (tesoureiro) e de contabilidade (controlador) estão normalmente sob o controle do Diretor Financeiro (CFO)/Vice-Presidente (Finanças). O controlador de pequenas empresas (gerente de contas) geralmente desempenha a função financeira.

A empresa seria financeiramente lucrativa no sentido contábil.

Relação entre Finanças e Gestão

A gestão é um conjunto de atividades direcionadas aos recursos de uma organização para alcançar Objetivos organizacionais eficientemente e efetivamente.

As relações de finanças com a gestão são discutidas abaixo:

Planejamento Financeiro e Decisões de Gestão

As políticas financeiras serão concebidas para se adequarem às decisões de gestão de uma empresa na prática. O A função financeira de captação e utilização de fundos tem um efeito significativo sobre outras funções de gestão.

A gestão envolve planejamento e análise financeira. O gestor financeiro é o tomador de decisões da empresa. Usos financeiros planejamento, tomando uma decisão, ao controlee outras ferramentas de gerenciamento. Comprar novas máquinas ou ativos em um projeto de investimento afeta o fluxo de fundos.

Finanças ajuda nas operações de gerenciamento do dia a dia.

As finanças fornecem os fundos que serão usados nos negócios. Requer pagamento de salários e outros benefícios envolvendo finanças. É necessário identificar as restrições de fundos para o gestor que dirige o negócio.

  1. Aconselhamento e orientação financeira: Os profissionais de finanças fornecem consultoria e orientação financeira aos departamentos de gestão para ajudá-los a tomar decisões sobre todas as operações comerciais.
  2. Dados e análises financeiras: Os dados e análises financeiras ajudam a administração a compreender o desempenho financeiro do negócio e a tomar decisões informadas sobre estratégia e alocação de recursos.
  3. Desenvolvimento de orçamentos e previsão de desempenho financeiro: As finanças podem ajudar a desenvolver orçamentos e prever o desempenho financeiro, o que pode ajudar a gestão a tomar decisões informadas sobre a alocação de recursos e a identificar potenciais riscos e oportunidades.

Finanças ajuda a manter as operações de gestão do dia-a-dia, fornecendo dados e análises financeiras, desenvolvendo orçamentos, gerenciando contas a pagar e contas a receber, gerenciando o fluxo de caixa e fornecendo consultoria e orientação financeira.

Medindo o desempenho da gestão

Finanças fornece dados e análises financeiras para apoiar a tomada de decisões e a alocação de recursos, enquanto a gestão é responsável por estabelecer metas, tomando decisões e alocando recursos para atingir esses objetivos.

Tanto finanças quanto gestão monitoram e medem o desempenho de uma organização. As finanças fornecem métricas financeiras, como rentabilidade e retorno sobre o investimento (ROI), e a gestão é responsável por acompanhar e analisar outros indicadores de desempenho, como satisfação do cliente e envolvimento dos funcionários.

Finanças e gestão são funções intimamente relacionadas que trabalham juntas para garantir o sucesso e a sustentabilidade de uma organização.

As decisões são tomadas com base nos seus efeitos financeiros no valor global da empresa. Finalmente, as ferramentas e técnicas de gestão ajudam a analisar problemas complexos de gestão financeira.

Relação entre Finanças e Marketing

Finanças e marketing são duas áreas de negócios diferentes, mas estão intimamente relacionadas e muitas vezes se cruzam.

Finanças se preocupa com o gerenciamento dos recursos financeiros de uma empresa, incluindo o planejamento, aquisição e gerenciamento de ativos financeiros, como caixa, investimentos e crédito. Finanças também envolve a criação e análise de demonstrações financeiras, orçamentos e previsões.

Por outro lado, o marketing preocupa-se em promover e vender produtos ou serviços. Envolve pesquisando, entender as necessidades e preferências do cliente, desenvolvendo campanhas de marketing e estratégias para alcançar e envolver clientes em potenciale analisar e monitorar a eficácia dos esforços de marketing.

Marketing é um processo social e gerencial através do qual indivíduos e grupos obtêm o que desejam precisam e desejam, criando, oferecendo e trocando produtos de valor com outros.

As finanças tomam as decisões sobre métodos de marketing de apoio.

Os gestores financeiros consideram impacto do desenvolvimento de produto e fluxos de caixa de marketing.

Mudanças no processo de marketing podem exigir despesas de capital, que o gestor financeiro deve avaliar e financiar. Existe uma relação inseparável entre as funções de finanças e marketing.

As atividades de marketing envolvem direta ou indiretamente o uso de financiamento.

O departamento financeiro fornece o financiamento necessário para campanhas de marketing através da dotação orçamental interna ou de fontes de financiamento externas. As atividades de marketing, publicidade e promoção afetam os recursos financeiros.

As funções de marketing e finanças são criadas para maximizar o lucro e a riqueza da empresa.

Funções de marketing e finanças para maximizar o lucro e a riqueza de uma empresa.

Quando terminam as funções de marketing, começam as funções financeiras. As políticas financeiras serão elaboradas para se adequarem às decisões de marketing da empresa.

Desenvolvendo estratégias de marketing eficazes

O marketing pode ajudar a identificar clientes-alvo e desenvolver estratégias para alcançá-los de forma eficaz, como por meio de publicidade, mídia social ou marketing de conteúdo. Isso pode ajudar a aumentar as vendas e as receitas, o que pode, em última análise, contribuir para a lucratividade e a riqueza da empresa.

Gerenciando despesas e maximizando o ROI das estratégias de marketing

As finanças podem ajudar a gerenciar despesas e garantir que as campanhas de marketing sejam econômicas, maximizando o retorno do investimento (ROI). Acompanhando e analisando cuidadosamente os resultados das campanhas de marketing, o departamento financeiro identifica as campanhas que são mais eficazes para impulsionar vendas e receitas.

Tanto o marketing como as finanças podem trabalhar em conjunto para alocar recursos de forma eficaz, garantindo que os recursos certos são utilizados de forma eficaz para alcançar os resultados desejados.

O marketing e as finanças devem colaborar para analisar as tendências do mercado e identificar oportunidades de crescimento e expansão. Isto pode envolver a identificação de novos segmentos de clientes ou a entrada em novos mercados, o que pode ajudar a aumentar as vendas e as receitas.

O marketing e as finanças trabalham juntos para gerenciar riscos, identificar possíveis ameaças aos negócios e desenvolver planos de contingência para enfrentá-las. Isso pode ajudar a proteger a lucratividade e a riqueza da empresa.

No geral, o marketing e as finanças podem trabalhar juntos para maximizar o lucro e a riqueza de uma empresa, desenvolvendo estratégias de marketing eficazes, gerindo despesas e maximizando o ROI, alocando recursos de forma eficaz, analisando tendências de mercado e gerindo riscos.