16 qualidades de um grande líder

16 qualidades de um grande líder

Um grande líder possui características multidimensionais que o tornam atraente e eficaz no comportamento. Uma grande liderança depende da estrutura orgânica da personalidade, que inclui experiência, habilidade, responsabilidade, inteligência, poder de organização de pessoas e interação social. Para se tornar um bom líder, é preciso possuir qualidades de liderança.

Estes são explicados abaixo;

Aparência física

Um líder deve ter aparências agradáveis. Físico e saúde são muito importantes para um bom líder. Um líder pode influenciar e dirigir os outros através da sua impressão física.

Cada movimento de um líder pode motivar seus subordinados. Portanto, ele ou ela deve ter cuidado com isso.

Visão e Previsão

Um líder não pode manter influência a menos que demonstre que está voltado para o futuro. Ele tem que visualizar situações e, assim, estruturar programas lógicos. E também, os programas serão compreensíveis para os subordinados para que possam seguir as ordens.

Inteligência

Um líder deve ser inteligente o suficiente para examinar problemas e situações difíceis. Ele deve ser analítico, pesar os prós e os contras e resumir as situações.

Portanto, uma mentalidade positiva e uma perspectiva madura são muito importantes.

Habilidades comunicativas

Um líder deve ser capaz de comunicar políticas e procedimentos de forma clara, precisa e eficaz. Isso pode ser útil para persuasão e estímulo.

Se sua comunicação não for hábil, ele será seguido para dar uma boa orientação a seus subordinados.

Objetivo

Um líder deve ter uma visão justa, livre de preconceitos e que não reflita sua disposição em relação a um indivíduo específico.

Ele deve desenvolver a sua opinião e basear o seu julgamento em factos e lógica. Ele deve ser imparcial com seus subordinados.

Conhecimento do Trabalho

Um líder deve conhecer com muita precisão a natureza do trabalho de seus subordinados, porque é então que ele poderá conquistar a confiança de seus subordinados.

Se ele não tiver conhecimento de seu trabalho, os subordinados irão ignorá-lo e não seguirão suas orientações.

Senso de responsabilidade

A responsabilidade e a prestação de contas para com o trabalho de um indivíduo são cruciais para um senso de influência.

Um líder deve ter um senso de responsabilidade em relação aos objetivos organizacionais, porque só então ele poderá obter o máximo de capacidades exploradas de forma real.

Para isso ele tem que se motivar; e despertar o desejo de dar o melhor de suas habilidades. Só então eles poderão motivar os subordinados a serem os melhores.

Autoconfiança e força de vontade

A confiança nele é importante para conquistar a confiança dos subordinados. Ele deve ser confiável e lidar com as situações com total força de vontade.

Sua confiança também motivará os subordinados a se esforçarem ao máximo para cumprir as metas organizacionais e aumentará sua confiança.

Humanista

Essa característica de estar presente em um líder é essencial porque ele lida com seres humanos está em contato pessoal com eles. Ele tem que lidar com os problemas pessoais de seus subordinados com muito cuidado e atenção.

Portanto, tratar os seres humanos por motivos humanitários é essencial para a construção de um ambiente agradável.

Simpatia

É um ditado: “colocar-se no lugar dos outros”. Isto é muito importante porque o julgamento justo e a objetividade só surgem então.

Um líder deve compreender os problemas e reclamações dos colaboradores e ter uma visão completa das necessidades e aspirações dos colaboradores. Isso ajuda a melhorar o contato pessoal das relações humanas com os funcionários.

Cooperação

Sem boa cooperação e coordenação, nenhum plano organizado poderia ser executado.

Assim, um líder bem-sucedido deve compreender e aplicar os princípios dos esforços cooperativos e ser capaz de induzir os seus seguidores a fazerem o mesmo. A liderança exige poder e o poder exige cooperação.

Tomando uma decisão

O homem que hesita em sua decisão mostra que não tem certeza de si mesmo e não consegue liderar os outros com sucesso. Um bom líder precisa tomar a decisão certa no momento certo.

Porque tudo depende da decisão dele e seus subordinados seguem sua decisão. Portanto, ele precisa ter muito cuidado com sua tomada de decisão.

Tripulação

O líder de sucesso deve planejar seu trabalho e executar seu plano. Um líder que se move por meio de suposições, sem planos práticos e definidos, é comparável a um navio sem leme. Mais cedo ou mais tarde, ele cairá nas pedras.

Compreensão Fundamental das Pessoas

Não basta conhecer os aspectos teóricos da motivação. A capacidade do gestor de aplicá-las a pessoas e situações reais é mais importante.

Mas um gestor, que compreende os elementos da motivação e das teorias da motivação, está mais consciente da natureza e da força das necessidades humanas e é mais capaz de definir e conceber formas de as satisfazer e de administrar para obter as respostas desejadas.

A capacidade de inspirar seguidores a aplicar todas as suas capacidades

A inspiração para fazer algo geralmente vem dos líderes, que podem ter qualidades de charme e apelo que dão origem à lealdade, à devoção e a um forte desejo por parte dos seguidores de promover o que os líderes desejam.

Não se trata de uma questão de satisfação de necessidades, mas de apoio altruísta dos seguidores ao seu líder.

Os melhores exemplos de liderança inspiradora vêm de situações desesperadoras e assustadoras. Os trabalhadores de uma empresa moribunda podem avançar e seguir o líder para superar a crise.

A capacidade de desenvolver um clima propício para despertar a motivação

Este ingrediente da liderança tem a ver com o estilo do líder e com o clima que ele desenvolve. Como sabemos, a força da motivação depende muito fatores que fazem parte de um ambiente e de um clima organizacional.

Não há como negar o facto de que as principais tarefas dos gestores são a concepção e manutenção de um ambiente para o desempenho.

O princípio fundamental da liderança é este; uma vez que as pessoas tendem a seguir aqueles que, na sua opinião, lhes oferecem um meio de satisfazer os seus próprios objectivos pessoais, quanto mais os gestores compreendem o que motiva os seus subordinados e como funcionam essas motivações, mais reflectem esta compreensão na execução das suas acções de gestão, mais eficazes eles serão seus líderes.

A partir das qualidades acima presentes em um líder, pode-se compreender o alcance da liderança e sua importância para o âmbito dos negócios.

Um líder não pode ter todas as características ao mesmo tempo. Mas alguns deles ajudam a alcançar resultados seletivos.

Finalmente, um bom líder deve ser fiel aos membros e às atividades do seu grupo. Isto, por sua vez, resultará numa atmosfera de segurança entre os seguidores.

Tendo fé nas próprias habilidades e no mundo ao seu redor, o líder ganha inspiração e inspira outras pessoas na organização.