Funcionamento das bolsas: uma breve história e visão geral

Funcionamento das bolsas: uma breve história e visão geral

Desde que os mercados existem, as bolsas têm desempenhado um papel fundamental na viabilização do comércio entre compradores e vendedores. Uma bolsa serve como um mercado centralizado onde os comerciantes podem comprar e vender uma variedade de títulos, como ações, títulos, opções, futuros e muito mais.

Não importa o tipo de negociação e ativo em que você esteja interessado, provavelmente ocorrerá em uma bolsa, seja ela eletrônica ou tradicional.

Portanto, antes de ler análises detalhadas de bolsas e corretores no TBR site, é importante aprender o básico. Neste artigo, investigamos a história das bolsas, como funcionam atualmente, quem negocia nelas e o que é negociado.

A História das Trocas

A primeira bolsa de valores do mundo, a Bolsa de Valores de Amsterdã, foi criada em 1602 durante a Idade de Ouro Holandesa.

A bolsa concentrava-se principalmente na negociação de ações da Companhia Holandesa das Índias Orientais. O estabelecimento era composto principalmente por comerciantes individuais que negociavam em cafeterias, e a negociação ocorria por meio de transações escritas, sem pregão físico real.

Nos Estados Unidos, a Bolsa de Valores de Filadélfia foi criada em 1790. Pouco depois, a Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE) foi formada em 1792, com comerciantes reunidos sob uma árvore de botão em Wall Street. A NYSE rapidamente cresceu em destaque e se tornou a maior bolsa do mundo na década de 1920, posição que manteve até o final do século XX.

Com o advento dos computadores e da Internet, as plataformas de negociação eletrónica foram desenvolvidas na década de 1990, proporcionando aos traders um acesso mais rápido e eficiente às bolsas em todo o mundo. Hoje, existem bolsas em quase todos os países do mundo, tanto em formato físico como eletrónico.

Como funcionam as trocas

As bolsas fornecem um mercado centralizado onde compradores e vendedores podem negociar títulos. Os compradores fazem ofertas para comprar títulos a um preço específico (conhecido como preço “bid”), enquanto os vendedores fazem ofertas para vender títulos a um preço específico (conhecido como preço “ask”).

A diferença entre os preços de compra e venda é conhecida como “spread”.

Quando um comprador e um vendedor concordam com um preço, a bolsa combina as duas partes e executa a negociação, cobrando a bolsa uma pequena taxa para facilitar a transação. A bolsa também oferece outros serviços importantes, como manter um registro de todas as negociações e proporcionar transparência e segurança ao processo de negociação.

Quem negocia em bolsas

As bolsas são utilizadas por uma variedade de participantes no mercado, incluindo investidores institucionais, como fundos mútuos e fundos de pensões, bem como investidores e comerciantes de retalho.

Os maiores participantes no mercado tendem a ser investidores institucionais, que negociam grandes quantidades de títulos em nome dos seus clientes. Os investidores e comerciantes de varejo normalmente negociam volumes menores de títulos para suas próprias carteiras.

O que é negociado em bolsas

As bolsas facilitam a negociação de uma ampla variedade de títulos, incluindo:

  • Ações – títulos que representam uma participação acionária em uma empresa
  • Títulos – títulos que representam um empréstimo feito a uma empresa ou entidade governamental
  • Opções – contratos que dão ao titular o direito, mas não a obrigação, de comprar ou vender títulos a um preço específico no futuro
  • Futuros – contratos que obrigam o detentor a comprar ou vender títulos a um preço específico no futuro
  • Fundos negociados em bolsa (ETFs) – fundos de investimento que negociam como ações e mantêm uma carteira diversificada de títulos

Cada tipo de título tem as suas próprias características e riscos únicos, e os traders devem considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento e tolerância ao risco antes de iniciarem qualquer negociação.

Conclusão

As bolsas são um elemento crítico do sistema financeiro global, proporcionando um mercado central onde compradores e vendedores podem reunir-se para negociar uma variedade de títulos.

À medida que a tecnologia e os mercados continuam a evoluir, as bolsas devem continuar a adaptar-se e a inovar, a fim de proporcionar aos traders a melhor experiência comercial possível.

Recentemente, foram desenvolvidas inúmeras bolsas eletrónicas, permitindo que mais pessoas tenham acesso ao mundo do comércio. Se quiser começar a negociar, é importante primeiro conhecer a história e o funcionamento das bolsas para compreender melhor como participar no mercado e tomar decisões de investimento informadas.