Estratégia de Seguidor de Mercado

estratégia de seguidor de mercado

Agora é uma prática comum em marketing seguir o líder em vez de desafiá-lo. Ao decidir seguir o líder, o seguidor deve ter em mente que o líder não deixará isso passar sem contestação. Se o seguidor oferecer um preço mais baixo, o líder poderá reduzir ainda mais o preço.

O líder também pode difundir o ataque melhorando ainda mais seus serviços ou oferecendo recursos adicionais ao seu produto. A razão para tal afirmação é que o líder provavelmente estará numa posição mais forte em diferentes frentes em comparação com os seguidores.

Portanto, o seguidor deve pensar seriamente antes de decidir entrar em uma batalha com o líder, porque um ataque mal pensado pode colocar a empresa em risco.

Se a empresa estiver convencida de que não poderá sustentar um ataque contra o líder, é sempre melhor segui-lo do que atacá-lo. Para sustentar um ataque, a empresa deve lançar um ataque preventivo.

Razões para buscar a estratégia de seguidor

A estratégia de seguidor é mais praticada em indústrias que exigem grande capital e que produzem um produto homogêneo. Existem diversas razões para tal prática.

As empresas que produzem produtos homogéneos ou genéricos têm dificuldade em assegurar a discriminação entre os seus produtos por parte dos consumidores.

Além disso, a qualidade dos produtos das diferentes empresas é mais ou menos semelhante e, como resultado, os clientes tendem a generalizar as ofertas concorrentes. Além disso, os clientes desta categoria são provavelmente muito sensíveis aos preços.

As actividades de preços das empresas num tal sector poderiam ser suicidas para cada uma das empresas participantes no longo prazo. Embora no curto prazo uma empresa possa ganhar com cortes de preços, no longo prazo perderá a quota de mercado devido a um contra-ataque semelhante por parte de outras empresas, o que é inevitável.

As empresas deveriam, portanto, decidir não entrar em guerras entre si. Em vez disso, eles seguem o líder de mercado imitando sua oferta.

Estratégias Alternativas de Seguidores

Os seguidores do mercado não têm opção de lançar ataques. Isso não é verdade. Ele também tem à sua disposição uma série de estratégias de ataque que poderá lançar.

Antes de decidir sobre uma estratégia de ataque específica a ser lançada, o seguidor deve desenvolver mecanismos para reter os clientes existentes, bem como atrair novos segmentos de mercado.

Ele pode garantir isso oferecendo algo diferente aos seus clientes-alvo. Ele pode oferecer melhores serviços, ampliar redes de distribuição, oferecer facilidades de crédito, etc.

Ele também deveria continuar tentando reduzir seus custos de produção, melhorar a qualidade de seu produto e penetrar segmentos de mercado novos e emergentes. Embora o seguidor siga o líder de mercado, não há razão para acreditar que ele sempre permaneça passivo ou siga o líder.

Para garantir a sua sobrevivência a longo prazo, ele deve definir o seu caminho de crescimento. Ao definir a trajetória de crescimento, ele deve ter cuidado com a reação competitiva.

O caminho de crescimento deve ser definido de forma a desencorajar a reação dos concorrentes.

Nos parágrafos seguintes, iniciaremos uma discussão sobre diferentes estratégias alternativas de seguidores:

Estratégia - 1: Falsificador

Uma estratégia de falsificação ocorre quando a empresa imita o produto e a embalagem do líder. A distribuição, é claro, ocorre por caminhos diferentes.

A empresa duplica o produto e o vende no mercado negro ou por meio de revendedores sem reputação.

Esta é uma prática normal aqui em Bangladesh. Você encontrará muitas empresas duplicando e comercializando produtos de boa reputação.

Estratégia-2: Cloner

A estratégia de clonagem é aquela em que a empresa copia o produto do líder em todos os aspectos, desde características, variedades, embalagem, distribuição e promoção. A única diferença pode ser encontrada no nome, embora se assemelhe muito ao nome do líder.

Vim, por exemplo, é um sabão em pó bem conhecido, usado para limpar utensílios. Porém, outro produto chamado Vima é comercializado imitando o nome e a embalagem.

Estratégia - 3: Imitador

A imitação é outra estratégia perseguida pelo seguidor de mercado. Isto é diferente dos dois primeiros discutidos anteriormente. Aqui a empresa copia parcialmente o líder.

Ele diferencia seu produto do líder em preço, embalagem, publicidade e outros aspectos. A imitação por vezes torna o ambiente de mercado saudável, criando uma situação que controla o monopólio.

Estratégia 4: Adaptador

Nesta estratégia, o seguidor de mercado adapta o seu produto ao produto do líder. A adaptação pode seguir a linha de preço, design, desempenho e assim por diante.

O adaptador às vezes tenta melhorar seu produto em relação ao do líder. O adaptador também evita conflitos com o líder, levando seu produto para outras partes do mercado não atendidas ou negligenciadas pelo líder.

Buscar o acompanhamento do mercado ajuda a empresa a economizar muito dinheiro em pesquisa e desenvolvimento, mas nem sempre produz um nível satisfatório de retorno/lucro. O líder sempre tentará manter sua posição e fará todo o possível para eliminar os demais do mercado.

Isso pode colocar a empresa seguidora em grandes apuros. É, portanto, aconselhável pensar duas vezes antes de decidir seguir uma estratégia de seguidores.