Comportamento dos Custos: Custo Fixo, Variável e Misto

Comportamento dos Custos: Custo Fixo, Variável e Misto

Alguns custos são alterados em termos de produção, e alguns custos são fixados até um determinado nível de produção, depois mudou em termos de produção. Novamente, alguns custos não são alterados. As características dos custos são chamadas de comportamento dos custos.

Por outro lado, o comportamento dos custos refere-se à forma como diferentes tipos de produção os custos mudam quando há uma mudança no nível de produção.

Elementos do comportamento dos custos

Existem 3 principais tipos de custos ou elementos do comportamento dos custos são;

Comportamento dos Custos: Custo Fixo, Variável e Misto

  1. Custos fixos.
  2. Custos variáveis.
  3. Custos mistos.

Custos fixos

Os custos fixos são aqueles que não se alteram com o nível de actividade dentro do intervalo relevante. Esses custos ocorrerão mesmo que nenhuma unidade seja produzida.

Por exemplo, despesas de aluguel, despesas de depreciação linear, etc.

As principais características do custo fixo são:

  1. Custo fixo é um custo que não varia no curto prazo.

Um custo fixo é um custo que não varia no curto prazo, independentemente de alterações nos níveis de produção ou vendas ou outras medidas de atividade.

Por exemplo, a renda de um edifício não será alterada até que o contrato de arrendamento termine ou seja renegociado, independentemente do nível de actividade comercial desse edifício. Exemplos de outros custos fixos são seguros, depreciação e impostos sobre a propriedade.

  1. Margem suficiente para compensar o custo fixo

Quando uma empresa possui um grande componente de custo fixo, ela deve gerar um volume significativo de vendas para ter margem de contribuição suficiente para compensar o custo fixo.

Uma vez atingido esse nível de vendas, entretanto, esse tipo de negócio geralmente tem um custo variável por unidade relativamente baixo. Assim, pode gerar lucros descomunais acima do nível de equilíbrio.

  1. Os custos fixos são alocados de acordo com a base de absorção da contabilidade de custos.

Os custos fixos são alocados no âmbito da absorção base da contabilidade de custos. De acordo com este acordo, os custos indiretos fixos de fabricação são atribuídos proporcionalmente às unidades produzidas em um período de relatório e, portanto, são registrados como ativos.

Uma vez vendidas as unidades, os custos são imputados ao custo das mercadorias vendidas. Assim, pode haver um atraso no reconhecimento dos custos fixos que estão alocados ao estoque.

Classificação do Custo Fixo Segundo seu Comportamento

Custo fixo é o custo que surge com a passagem do tempo e que, dentro de certos limites, tende a não ser afetado pelas flutuações no nível de atividade.

Uma empresa em funcionamento deve ter instalações físicas e uma organização para uso.

Essas coisas fornecem a capacidade de fabricar e vender. Os custos contínuos de capacidade incorrida em antecipação à atividade futura são denominados “custos de capacidade”. Caso a capacidade seja utilizada, custos adicionais serão incorridos.

Esses custos adicionais de produção e venda são controláveis ​​com a atividade atual. Em contraste, os custos de capacidade tendem a continuar independentemente da taxa actual de actividade, desde que a mesma capacidade seja mantida.

Os custos fixos são aqueles cujo total não se espera que mude durante o ano orçamental em curso, independentemente das variações no volume de actividade.

Esses custos são fixados para um determinado período e para uma gama relevante de produção, no pressuposto de que a tecnologia e os métodos de produção permanecem inalterados. Para análise de custos, os custos fixos podem ser classificados da seguinte forma:

  1. Custos Comprometidos

Esses custos não podem ser eliminados instantaneamente. Esses custos são incorridos para manter instalações básicas. Exemplo: Aluguel, taxas, impostos, seguros.

  1. Política e custos gerenciados

Os custos das políticas são incorridos na aplicação das políticas de gestão. Exemplo: Regime de habitação para empregados. Os custos gerenciados são incorridos para garantir a existência operacional da empresa. Exemplo: Serviços de pessoal.

  1. Custos Discricionários

Eles não estão relacionados às operações. Estes podem ser controlados pela administração. Isso ocorre a critério da administração.

Custos variáveis

Os custos variáveis ​​mudam em proporção direta ao nível de produção. Isto significa que o custo variável total aumenta quando mais unidades são produzidas e diminui quando menos unidades são produzidas.

Embora variáveis ​​no total, esses custos são constantes por unidade. As principais características do custeio variável são: -

  1. All the costs like production, administration, selling, and distribution costs are classified into a fixed and variable cost.
  2. Variable costs are charged to production costs. Fixed costs are not charged to production costs. Rather, it is charged to the contribution margin.
  3. All the fixed costs are taken as periodical costs, and it is charged to the profit and loss account of that year when it occurred.
  4. Finished goods and work in progress are valued by taking variable manufacturing costs only.
  5. It has its method of calculation of profit. The profit is determined by deducting the total fixed cost from the contribution margin. The contribution margin is ascertained by deducting the total variable cost from sales.

Mixed Costs

Mixed costs or semi-variable costs have properties of both fixed and variable costs due to the presence of both variable and fixed components in them.

An example of mixed cost is telephone expense because it usually consists of a fixed component such as line rent and fixed subscription charges as well as variable cost charged per minute cost.

Another example of mixed cost is a delivery cost, which has a fixed component of depreciation cost of trucks and a variable component of fuel expense.

Methods of Segregating Mixed Cost

To segregate semi-variable cost into fixed cost and variable cost is necessary because, with this, we can add a fixed cost proportion in total fixed cost and variable cost proportion in total variable cost.

So, with the following method, we can carry out this.

  1. Graphical Method

With the graphical method, we draw the graphic line of semi-variable cost by taking output on the x-axis and total semi-variable cost at the y-axis.

After this, we do judgment and select a point where will be our fixed cost in semi-variable cost. After this, we draw the line of best fit. This line shows the fixed cost, which will not be changed after changing output.

  1. High Points and Low Points Method

Under this method, we calculate total sales and total costs at the highest level of production. Then we calculate total sale and total cost at the lowest level of production.

Because semi-variable cost has both variable and fixed costs.

We first calculate the variable rate with the following formula:

Variable Cost (b) = (Highest value-Lowest value) / (Highest activity – Lowest activity)

Estimate the fixed Cost Level:

Fixed Cost (a) = Total Cost – Variable Cost.

  1. Analytical Method

Under this method, the cost accountant does some analysis for dividing semi-variable cost into fixed cost and variable cost. After this, he calculates fixed cost on that rate, which analyzed.

Suppose, a cost accountant says that in the total semi-variable cost, there may be a 30% fixed cost and 70 % variable cost. Now the total semi-variable cost will be divided on this basis.

If the production level increases, the variable cost’s proportion will increase at the same rate. But the fixed cost will not change.

  1. Método de nível de atividade

In this method, we compare two-level of production with the number of expenses in these levels. Variable cost will be calculated with the following method.

Level of Activity = Change in semi-variable cost / Change in production volume

  1. Least Square Method

This is a statistical method in which we use this method for calculating a line of best fit. This method is based on the linear equation y = mx+c, y is the total cost, x is the volume of output, and c is a total fixed cost.

Resolvendo esta equação matematicamente, podemos calcular o custo variável (M) em diferentes níveis de produção.