8 causas de insatisfação no trabalho

8 causas de insatisfação no trabalho

A insatisfação no trabalho refere-se a sentimentos infelizes ou negativos em relação ao trabalho ou ao ambiente de trabalho. Existem muitos fatores que podem resultar em insatisfação no trabalho.

Alguns deles são más condições de trabalho, excesso de trabalho, baixos níveis salariais, falta de possibilidade de promoção ou progressão na carreira e falta de reconhecimento. Mas o que é pior são os consequências da insatisfação no trabalho que afetam tanto os funcionários quanto a organização.

Pode resultar em perda de motivação, falta de interesse, frustração, baixa produtividade, absentismo e até altas taxas de rotatividade. Existem várias causas específicas para a insatisfação no trabalho, mas entende-se que quatro áreas principais residem nesta questão.

O efeitos da baixa satisfação no trabalho pode ser de grande alcance, e esta questão é motivo de preocupação para pequenos empresários e grandes empresas.

Mal pago

Não receber o que vale é chamado de mal pago.

Se uma pessoa pensa que não está sendo remunerada o suficiente para realizar seu trabalho, ela se considera mal remunerada. Se pesquisarem os salários para esse trabalho e descobrirem que são de facto mal pagos, a sua insatisfação é justificada.

Do ponto de vista de uma empresa, é uma questão valiosa e importante porque os indivíduos insatisfeitos com o dinheiro que ganham pelo seu trabalho provavelmente deixarão a organização.

Crescimento limitado na carreira

Não ter a oportunidade de subir na hierarquia e crescer na carreira é outra área que pode fomentar a insatisfação com o cargo.

Nesse aspecto, é importante entender que nem todo mundo quer subir na hierarquia.

Isso pode significar que o funcionário pode sair para outra organização com melhores oportunidades de crescimento profissional.

Falta de interesse

Este é um conceito muito simples; não se deve iniciar a carreira com um trabalho que não seja uma área interessante para aquela pessoa.

A falta de interesse no trabalho é outra razão pela qual os funcionários estão insatisfeitos. A maioria dos funcionários deseja desempenhar funções envolventes e desafiadoras.

O trabalho monótono faz com que o funcionário sinta tédio. Funcionários entediados e incontestados sentem pouco incentivo para se preocuparem com a produtividade no local de trabalho.

Má administração

A equipe de gestão desempenha um papel importante em uma organização. Os gestores são responsáveis por motivar os funcionários, planejamento, organização e controle dentro da organização.

Um dos principais motivos pelos quais os funcionários ter um mau desempenho no local de trabalho é uma má gestão.

Gestores com poucas habilidades de liderança geralmente oferecem pouco feedback sobre o desempenho dos funcionários. Não ter a liderança necessária é outro motivo de insatisfação.

As pessoas querem ser lideradas. Eles querem trabalhar com pessoas que os inspirem e tenham uma visão.

Sem essas pessoas, um funcionário pode sentir como se a empresa estivesse vagando pelo espaço, esperando encontrar alguma coisa.

Chefe sem apoio

Com a redução do tamanho das empresas e a manutenção dos recursos no mínimo, os gestores ficam mais preocupados com os resultados financeiros do que com as próprias pessoas que podem afectar directamente os resultados financeiros.

Os gestores que se desligam dos seus colaboradores e se concentram apenas nos resultados, sem fornecer inspiração, motivação ou apoio, muitas vezes não têm consciência de que podem causar insatisfação no trabalho.

Falta de trabalho significativo

A falta de um trabalho significativo desempenha um grande papel na insatisfação no trabalho. Os funcionários perdem o interesse em trabalhos que não oferecem desafios.

Oportunidades de crescimento ou incentivos para um trabalho significativo

É fácil desligar-se de um trabalho e de uma organização que não valoriza seus funcionários nem oferece incentivos para o crescimento do emprego.

Quando os funcionários sentem que suas contribuições são significativas, eles se sentem felizes no trabalho e trabalham mais.

Equilíbrio entre trabalho e vida pessoal

As empresas que não reconhecem a necessidade dos funcionários manterem uma vida saudável e um equilíbrio no trabalho estão, em última análise, a afectar os seus níveis de produtividade.

Mesmo que uma empresa não possa oferecer aumentos salariais, uma forma de melhorar a satisfação no trabalho é criar compensações para o equilíbrio entre vida e trabalho.

Em vez de oferecer aumentos, as empresas podem considerar incentivos como dias de folga remunerados, horários flexíveis e recompensas como ingressos para filmes, peças de teatro ou eventos esportivos.