Origem e evolução da auditoria explicada

Origem e evolução da auditoria explicada

A origem de 'Auditoria'vem da palavra'Audire.' Com o advento da Revolução Industrial, a “auditoria” evoluiu como uma ferramenta de responsabilização financeira.

A palavra "auditoria”tem origens latinas (áudio, auditar, significa ouvir). Esta palavra conheceu muitas definições e classificações durante esse período. Geralmente, é sinônimo de controlar, verificar, inspecionar e revisar.

A auditoria era principalmente um método para manter a contabilidade governamental, e a manutenção de registros era o seu esteio.

Desde a época dos antigos egípcios, gregos e romanos, existia a prática de auditar as contas das instituições públicas. Escriturários eram nomeados naquela época para verificar as contas públicas.

O principal objetivo da auditoria daquela época era localizar fraudes e determinar se os recebimentos e pagamentos eram devidamente registrados pelo responsável.

Foi só com o advento da Revolução Industrial, de 1750 a 1850, que a auditoria começou a sua evolução para um campo de detecção de fraudes e responsabilização financeira.

Os negócios se expandiram durante este período e trouxeram produção em grande escala, energia a vapor, instalações melhoradas e melhores meios de comunicação. Isso resultou na origem da forma de organizações por ações.

Os acionistas contribuem para o capital dessas empresas, mas não têm controle sobre o funcionamento diário da organização.

A administração foi contratada para operar os negócios nas ausências dos proprietários, mas os acionistas que investiram seu dinheiro estariam naturalmente interessados em conhecer a situação financeira da empresa.

Então eles encontraram um aumento necessidade de monitorar as atividades financeiras para precisão e prevenção de fraudes.

Isto originou a necessidade de uma pessoa independente verificar as contas e reportar aos acionistas sobre a veracidade das contas e a segurança dos seus investimentos.

No início do século XX, a prática de relato dos auditores, que envolvia envio de relatórios de suas atribuições e conclusões, foi padronizado como “Relatório do Auditor Independente”.

Ó aumento na demanda por auditores leva ao desenvolvimento do processo de testes. Os auditores desenvolveram uma forma de selecionar estrategicamente os principais casos representativos do desempenho geral da empresa.

Esta foi uma alternativa acessível ao exame detalhado de cada caso, exigindo menos tempo do que a auditoria padrão.

Tabela mostrando a origem e evolução da auditoria ao longo da história.

PeríodoOrdens de auditoriaAuditoresObjetivos da auditoria
Até 1700Reis, imperadores. Igrejas e o estadoPessoas do estado ou escribas– A punição dos ladrões pela mudança de direção dos fundos.
– Proteger ativos.
1700 – 1850Estados, tribunais e acionistasContadores– Repressão à fraude e punição dos autores.
– Proteger os ativos.
1850 – 1900O Estado e os acionistasContadores ou advogados profissionais– Evitar fraudes e erros e atestar a viabilidade do balanço patrimonial.
1940 – 1970O estado e o
acionistas
Profissionais de auditoria e contabilidade e aconselhamento– Atestando a honestidade e regularidade dos dados financeiros históricos/
1970 – 1990O Estado, o terceiro e os acionistasProfissionais em auditoria e aconselhamento – Atestar a qualidade do controlo interno e respeitar as normas contabilísticas e as normas de auditoria.
1990+O Estado, o terceiro e os acionistasProfissionais em auditoria e aconselhamento– A proteção contra a fraude internacional

Conclusão

A auditoria financeira progrediu e aperfeiçoou-se passo a passo, com o desenvolvimento económico a responder aos desafios da sociedade.

Também progrediu do ponto de vista histórico, estando presente de diferentes formas em todos os períodos, do ponto de vista conceitual, e principalmente do ponto de vista objetivo.